Não é de hoje que a frase "isso é coisa de" está nas conversas amistosas, e algumas nem tanto, entre pessoas de um mesmo grupo. Acontece mais ou menos assim: um indivíduo A reconhece no indivíduo B um conjunto de características que este considera semelhantes. Uma forma do indivíduo A testar as semelhanças é trazer à baila um indivíduo C diferente dos dois primeiros. O indivíduo A não quer apenas testar as semelhanças, quer testar as diferenças e seus sentimentos sobre essas diferenças.


Leia Mais